Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos de uma mulher dos anos 80...

"A vida em constante mudança..."

Desabafos de uma mulher dos anos 80...

Qua | 22.06.16

Desabafos...

Butterfly

Poderia por aqui dizer muita coisa. Estou triste. Todos sabemos e conseguimos imaginar o quão dificil deve ser abandonar o nosso país e ir à luta de outra vida num país que não é o nosso. Mas mais uma vez eu digo... Uma coisa é imaginar, outra é passar. E vai aí uma grande distância. Se nos traz muitas vantagens? Sim, pois traz. Mas realmente não há nada como essa vida daí. Saídas a meio da semana, nem que seja apenas para um "café" com amigas, uma ida ao shopping à noite, uma tarde na praia, um jantar em casa de amigos, um passeio à beira mar... Enfim, são tudo coisas que cada vez mais sinto falta. Há 1 mês que estou distante de tudo isso...e cada vez mais fica dificil. Dizem que o tempo ajuda, mas estou numa fase em que parece só piorar. O Skype, whatsapp, facebook ajudam imenso, mas não há nada como um abraço caloroso, como uns miminhos no cabelo, como um aconchego de alguém e a voz da nossa mãe a nosso lado. Todos meus amigos dizem que sou uma corajosa... Eu e mais não sei quantos emigrantes portugueses, mas a verdade é que é muito duro. É duro sim, estarmos a falar e nem sempre nos conseguirmos exprimir da forma que gostaríamos. É duro sim, no meu trabalho. Estou muito em contacto com o cliente, e não entender ainda a 100% o que me diz. É duro ver o chefe ás vezes a rir. Por vezes, também me consigo rir, mas chega a um momento em que é saturante, muito cansativo. É um alívio quando chego a casa e sei que posso voltar a ser "eu". Sim... Porquê? Porque, até a voz a falar noutra língua faz-nos parecer outra pessoa. Somos mais directos... mas no meu caso, muito mais meiga. Ontem tive outro cliente a perguntar se fui eu que atendi o telefone com a minha pronúncia charmosa. Segunda vez que me dizem isto. Os clientes acham piada... (Sinceramente não sei qual é a piada mas ok, estou em dia "NÃO", e por isso tenho de dar um desconto). Enfim... Dia após dia, é uma conquista. Força a todos os portugueses espalhados por este mundo fora. Estamos no mesmo barco!

Afficher l'image d'origine

6 comentários

Comentar post