Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos de uma mulher dos anos 80...

"A vida em constante mudança..."

Desabafos de uma mulher dos anos 80...

05.10.16

Língua Portuguesa...

Butterfly
Sempre tive vontade de falar e escrever melhor o nosso idioma. Na escola, sempre foi uma das minhas disciplinas preferidas e sempre tive muita vontade de ler e uma enorme paixão pela leitura. Mas verdade é que, de vez em quando um erro ou outro escapava... E hoje reparo que, após ter vindo para outro país, a minha lingua portuguesa está cada vez mais a ficar pior... O que é horrível!!! Não queria perder isso, a lingua portuguesa faz parte da nossa identidade! Mas certo é que ainda (...)
04.10.16

Amor.

Butterfly
Acho que deixei de acreditar no amor entre dois seres de sexo oposto... De que vale apena o amor? De que nos serve viver um grande amor? O amor entre um casal não é nada mais do que um sentimento partilhado por duas pessoas que vivem bons momentos. Tudo vale, no momento. Enquanto tudo está bem. Enquanto tudo - ou quase tudo - é fácil. Agora, neste segundo podemos viver esse amor intensamente, podemos estar loucamente apaixonados... Mas e então? Passado um tempo, podemos perceber que (...)
13.07.16

Vida irónica...

Butterfly
Faz algum tempo que não me sentia assim... Diverti-me como algum tempo não me divertia, ri, brinquei e aprovitei ao máximo o momento. Conheci alguém que teve esse efeito em mim. Gostei de perceber (alguns) dos seus valores e o seu bom humor. Pena que esteja de partida para Portugal. Acho que habituado a como está a esta vida, vai ter alguma dificuldade em se readaptar à vida que Portugal oferece. Ou melhor, não há vida que Portugal oferece mas sim ás condições que Portugal dá. (...)
22.06.16

Desabafos...

Butterfly
Poderia por aqui dizer muita coisa. Estou triste. Todos sabemos e conseguimos imaginar o quão dificil deve ser abandonar o nosso país e ir à luta de outra vida num país que não é o nosso. Mas mais uma vez eu digo... Uma coisa é imaginar, outra é passar. E vai aí uma grande distância. Se nos traz muitas vantagens? Sim, pois traz. Mas realmente não há nada como essa vida daí. Saídas a meio da semana, nem que seja apenas para um "café" com amigas, uma ida ao shopping à noite, (...)
09.06.16

"Vamos a Portugal"! - Eis algumas situações de quem mudou de país...

Butterfly
E sente-se que estás mesmo a fazer vida no estrangeiro quando:   - Começas um novo trabalho; - Conheces novos colegas; - O novo colega diz que o "vinho do porto do alentejo" é um espectáculo! - Não percebes as brincadeiras que eles fazem entre si, dado que o idioma não é o mesmo; - As estradas são novas para ti; - Te perguntam pela carta vital e tu ainda não a tens; - Vais ao supermercado tentas escolher os sabores dos caldos knorr e percebes que o melhor é arriscar pela (...)
01.06.16

2 semanas e...País, novo... trabalho novo!

Butterfly
Quase 2 semanas num novo país, 4 entrevistas, e mais uma respostas positiva. Brevemente vou dar início ao meu novo trabalho. Felizmente consegui emprego na minha área, um hotel 4 estrelas e bem classificado no booking e afins. Portugal está longe, mas é inevitável (por enquanto), não comparar as oportunidades inexistentes do nosso país com as oportunidades que outro país estrangeiro nos oferece. Uma certa mágoa permanece em mim, mas parece-me que com o tempo isto vai (...)
31.05.16

Inundações.

Butterfly
Inacreditável no final de Maio vivermos o que hoje pela primeira vez, vivi: Inundações. De facto, tinham alertado a população para o perigo de inundações. E não se enganaram. Ruas barradas, rios a sairem fora dos caudais, acidentes nas estradas, escolas a fecharem... Enfim. Uma situação bastante caótica. Felizmente que agora a chuva parou um pouco. Os meteorologistas dizem que amanhã durante a noite a chuva irá voltar, mas ate lá esperamos que os níveis da água desçam...
30.05.16

A minha partida...

Butterfly
Ainda não falei aqui do momento da minha partida... Todos nós temos o nosso tempo de aceitação à mudança, e quando nos confrontamos com a mudança é sempre mais difícil de falar sobre o assunto. Assim funciona comigo.  Não foi de todo fácil. O último dia foi horrível. Estava em mim um sentimento de angústia e revolta... Angústia por deixar a família, amigos e namorado... Sentia o meu coraçãozinho bem apertado. Revolta, uma vez mais contra esse país, que apenas sabe (...)
30.05.16

Sol inexistente :(

Butterfly
É, sem dúvida, quando deixamos de ter algo que mais sentimos falta e mais valor damos. Aqui, o sol quase não existe. Acordamos e parece que já é de noite. É deprimente, mas assim tem que ser. Agora entendo o porquê das pessoas gostarem tanto do ambiente e temperatura que esse nosso cantinho nos dá. Este ano, não vou ter verão... Nem sol, nem praia. Esta é uma altura do ano, melhor para mudar de país, pois a temperatura não é tão baixa, mas mais dificil porque basta abrir o (...)
28.05.16

1 semana no país que me acolhe como emigrante...

Butterfly
Já vai fazer uma semana que aqui estou. Muitos sentimentos confusos, pouco claros, muita motivação, tristeza e orgulho. Após uma semana... 2 entrevistas, 1 das quais obtive resposta positiva para trabalhar. No entanto, pude recusar, pois iria fazer 120 km por dia, o que não se tornava lá muito favorável e/ou sustentável. O ordenado mínimo aqui é de 1467.00€, na minha área geralmente pagam sempre mais, o que torna tudo ainda mais motivante. E a família? É o pior. Ver a dor da (...)