Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos de uma mulher dos anos 80...

"A vida em constante mudança..."

Desabafos de uma mulher dos anos 80...

20.06.13

Good news

Butterfly
Após alguns meses de procura activa de emprego...(Sim, metemos "ACTIVA" em letras maísculas, porque foi mesmo), após longas entrevista...eis que chega o dia que me dão a agradável notícia de que querem os meus serviços! Vamos lá ver...(uma vez mais).   
30.05.13

A Internet!!

Butterfly
Estive sem internet 2 dias. 2 dias... não é tempo nenhum, bem sei. Mas é assim que se vê como nós, sociedade, estamos tão ligados a certas coisas e quando estas nos falham...não sabemos bem como fazer certas coisas. Dou-vos um exemplo: A procura de emprego. Todos dias, recebo e-mails com alertas de ofertas de emprego na zona e nas áreas profissionais que me interessam. Todos dias vou ao site do IEFP, actualizar-me, saber se há novidades, alguma oferta nova. O que é certo, é que (...)
02.05.13

Incrível

Butterfly
É incrível como é que para algumas pessoas, os patrões passam de bestas a bestiais! Aquela pessoa que sempre foi a primeira a revoltar-se contra a situação, aquela que não conseguia suportar os patrões, que estava sempre a dizer mal, que temia quando ele ia ter com essa tal pessoa deixando-a a tremer sem razão. E agora?! Ooooooh...então não é que agora que me vim embora, diz-me que está um mar de rosas, que está tudo controlado, que está impecável?!  E depois mal me (...)
23.04.13

Depois de...

Butterfly
Depois de uma entevista de trabalho,  Depois de uma ida ao meu último trabalho, para ver se me pagam o que me devem... Sinto uma dor de cabeça tão grande que chego a pensar que vai rebentar, não me fazendo desejar qualquer tipo de claridade ou ruído.  Instala-se o silêncio...instala-se uma melancolia tal, que me faz adormecer para entrar num sono que não consegue ser profundo: "Amanhã será outro dia" - Pensei.   Outro dia, igual a tantos outros. A espera é imensa. O (...)
12.04.13

Quando nos pedem para ficar, e nós temos de ir.

Butterfly
Custa. Custa muito. Especialmente se até gostamos de lá estar, se nos sentimos bem com as pessoas.  Neste caso, penso que a atitude a tomar era mesmo esta. Não tinha hipótese. Demorei a decidir. Tinha algo na minha cabeça, talvez como uma balança, que se contrapunham 2 lados: Gosto do que faço, sinto-me bem. Mas se não me pagam um mês, dois meses, como conseguem pagar 3,4 e assim sucessivamente...? Optei por vir embora. Mais complicado fica quando já temos a decisão tomada, e (...)
03.04.13

Caminhos a trilhar...Decisões a tomar.

Butterfly
No meu caso, ainda posso optar por um dos dois caminhos. Mas qual o mais acertado? Qual a seguir? Ou deixo-me levar, continuo nesta maré, tento fazer justiça e fico igual à injusta situação dos outros...Ou... Dou um salto dali, tento fazer justiça, e parto para outra...?! Sem que deixe mais arrastar esta situção.
04.03.13

Hoje em dia | Situações do trabalho actual

Butterfly
Cada vez mais as nossas entidades empregadoras exigem mais de nós. Mais polivância, mais rigor, mais qualidade, mais TUDO. Nós, para tentarmos assegurar a nossa posição na empresa, tornamo-nos mais flexíveis. Mas... com tanta polivância, com tanta exigência para tomarmos "conta de tudo", esquecem-se que se torna mais difícil assegurar a real qualidade da função que temos. A somar a tudo isto, e pensando agora um pouco em nós, damos o melhor de nós e desdobramo-nos pelo mesmo (...)
15.01.13

O mau pagador

Butterfly
 Penso que quase todos os meses me deparo com este tipo de pessoa: O Mau pagador. Não, não. Não é por relação directa com estas pessoas, mas sim com alguém da minha família que me é muito próximo. Ou seja, utilizam os seus serviços, e depois...Depois o que gostam mesmo é de ficar a dever. E o que fazer? Se a pessoa em questão, não presta o serviço, não sabe se pagam. Se não o presta, é certo que não recebe. Fica numa encruzilhada. O que é realmente chato, é que estas (...)