Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos de uma mulher dos anos 80...

"A vida em constante mudança..."

Desabafos de uma mulher dos anos 80...

Dom | 24.11.13

Sogras! Que fazer?

Butterfly

 Tenho a felicidade de ter uma sogra às direitas: Compreensiva, amiga, calma, não gosta muito de fofoquices e que gosta de mim. E eu dela. E ela de mim. E eu dela. Mas…é sooooogra. Isto para dizer o quê? Por vezes o facto de gostar muito de nós, não facilita as coisas. Ora vejamos:

Como se sente à vontade comigo, procura-me mais do que se não nutrisse assim grande sentimento por mim; 

Sem se aperceber (e eu acredito mesmo que não é por mal) exige mais atenção;

Sente-se livre para dar sempre a sua opinião – Opiniões aceito, mas…como já a conheço um bocadinho, bem sei que a “opinião” é quase como a dizer “vá, vá…façam lá…façam lá isso que eu digo…uma mãe (e sogra) tem sempre razão!”. Pois, pois… Em momentos de maior sensibilidade ou desgaste ou naqueles momentos em que nós precisamos de estar a sós com o nosso companheiro não fica fácil lidar com isto… Especialmente quando estamos tranquilamente acomodados e ouvimos o som da campainha. É assim…fascinante…maravilhoso. Depois de um dia de trabalho, “pimbas!”, queres estar sozinha com ele?? Pois bem, contenta-te com ele e com ela. Ahahah. Agora mais a sério, que fique claro, que gosto muito dela, mas todos nós temos que ter sensibilidade e entender que há momentos que dizem respeito só e apenas ao casal. Já nos impusemos discretamente a esta situação. Mas…não está fácil. Haja paciência! Nunca vos aconteceu nada semelhante?



Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.