Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos de uma mulher dos anos 80...

"A vida em constante mudança..."

Desabafos de uma mulher dos anos 80...

Qui | 10.10.13

Vamos...praticar zumba?!

Butterfly

 

Como tinha referido num post anterior, decidi meter-me nisto de corpo e alma. No entanto nunca mais vos dei nenhum feedback!! Querem saber como correu? Uma palavra? Gostei. Muito. Assim muito mesmo. Confesso que estava com algum receio, isto, devido á minha forma física, pois já não praticava desporto há algum  tempo. Como no ano passado tinha muito tempo livre, andava km e km de bicicleta e sabia extremamente bem. Mas…estes últimos meses estive a trabalhar, e aquilo que menos me apetecia era agarrar na bicicleta e esforçar as minhas queridas pernas. Buah! Tenho andado preguiçosa! Provavelmente se me vissem iriam dizer “mas porque é que te preocupas tanto com isso?! Para emagrecer não deve ser…”. Porque digo isto? Porque geralmente é o que as pessoas fazem questão de me dizer…Ao contrário do que possam pensar, não é coisinha de que me orgulho muito, pois estou mais magra do que o normal, e começo a não me sentir bem. Ai! Como tudo do bom  e mesmo assim não volto ao meu peso anterior! Ah! Mas admito que gostava de enrijar um bocadinho mais os meus músculos, eheheh… Lá isso não me importava nadinha. Quero e gosto de fazer exercício para libertar o stress…e se há dias, que depois de um dia de trabalho só me apetece sair daquela porta fora e sossegar em casa, fazer companhia ao meu sofá, há outros que me apetece sentir viva, libertar todo o stress e energias negativas, suar!! Continuando… Lá no ginásio ainda me perguntaram se queria fazer outro tipo de modalidade, ter cartão livre trânsito e essas tais coisas, mas nãããããããã… por enquanto não me dei por convencida! Gostei muito da aula, porque consegui desanuviar, deitar a energia para fora, adoro ouvir música bem alta, saltei tanto, mexi me tanto, dancei tanto que quando cheguei a casa… pufff… já estava a dormir… tranquila, sossegada, sem ansiedades. Um ponto também importante: Diverti-me. Apesar de não conhecer ninguém, ri bastante. A primeira aula exige mais concentração, uma vez que não conhecemos as coreografias. A meio da aula estava tão cansada que afectava a minha capacidade de concentração: Dei por mim a trocar os pés com os braços, e quando era para levantar pé esquerdo” eu levantava o direito” e vice-versa!!! Que figurinha, credoooo…Mas não interessa. Vou ali, sobretudo para me divertir, para me sentir bem comigo mesma. Isso sim, é o mais importante. Se querem mexer um pouco, desanuviar, rir…experimentem!!!


 

 

Se não quiserem ver a parte da explicação, coloquem no minuto 1.50, e passam à dança...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.