Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos de uma mulher dos anos 80...

"A vida em constante mudança..."

Desabafos de uma mulher dos anos 80...

Sex | 21.09.12

Ansiedade

Butterfly

Quando entrei na faculdade, descobri uma coisa que desconhecia completamente: A ansiedade.

Não, não é a dita ansiedade de esperar por algo, mas sim aquela ansiedade desencadeada pelo desconhecido, pela mudança, por preocupações (infelizmente sofri muito com uma doença de alguém muito próximo). Era como uma bola de neve. Eu era aquela que queria que todos estivessem felizes, porém era me impossível. Fazia tudo por tudo, dar apoio a todos, ouvir e dar conselhos a quem estava mal. No entanto, as circunstâncias da vida não deixavam que isso acontecesse, por mais que me esforçasse. Então, certa noite senti-me muito muito mal - mal disposta (quase de vomitar), um nó na garganta que parece que não me deixava respirar, transpirar muito, o meu peito estava cheio de manchas vermelhas, e até sentia dormência nas pernas! Foi aí que os que estavam junto a mim decidiram levar-me para o hospital. Entrei para as urgências, e deram me um liquido para beber (liquido esse que me fez adormecer numa cadeira). Estive lá quase 2 horas dentro, saí e o Dr. nem explicou o que me tinha acontecido. Que pensei? Bom, o melhor será ir a um médico particular. Estava assustada. Foi aqui que me explicaram que tinha tido uma grande crise de ansiedade. Como eu sempre tentei aguentar tudo e mais alguma coisa, ser aquela que dava apoio incondicional e não estava a conseguir controlar a situação, o meu corpo ressentiu-se. O sentir que não estamos a controlar a situação gera estas crises. O nosso corpo, aguenta, aguenta, estamos nervosos e/ou stressados, e nem nos apercebemos...até ao dia em que o nosso organismo "explode" toda a adrenalina que tem concentrada. O Dr. receitou-me logo ansioliticos. Pois é. Nova demais para andar a tomar esses medicamentos, mas teve que ser. O que é facto é que andei assim durante anos. E... finalmente antes do inicio do Verão deixei de os tomar de vez! Estava farta, cansada de andar a tomar comprimidos. Tenho conseguido controlar a ansiedade, não tenho tido crises, mas também confesso que por vezes me recordo delas. 

 Vou começar um novo trabalho, e estou a pensar seriamente em me inscrever no ginásio. O desporto ajuda muito nestes casos... Quero aliviar a tensão que por vezes sinto, quero andar bem, estar feliz e sentir orgulho de mim mesma.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Butterfly

    26.09.12

    É uma sensação horrível não é?
    Mesmo nos primeiros anos de casamento? Bom, ate acredito que por um lado os primeiros ate sejam os mais complicados, pois ha a fase de mudança e adaptação a uma vida diferente daquela que tinhamos antes. Hum, vives muito o teu trabalho ñ é? Muita mulher as x n ajuda não...
    A mim tb me acontecia mt kd tava a trabalhar no ultimo hotel. Acho que exigia tanto de mim mesma, e queria tanto estar ao nivel de tudo aquilo que acabava por andar ansiosa - O que atrapalhava ainda mais. É uma coisa que quero combater a todo o custo.
    Tomas sedoxil mas so em sos? Eu é o cipralex, e cheguei mesmo a ter o alprazolam... Felizmente, e como disse, agora tenho me aguentado. Vamos la ver.
    Tenta pensar que no dentista deve ser so 30 min, 1h00, e depois ficas boa, ñ tens k ir mais! Tens razao, o ideal era ñ haver tanto sobressalto, tanto imprevisto a entrar nas nossas vidas, tanta chatice e tanta emoção que absorvemos...

    Beijinho, e boa sorte no dentista
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.